Todos os Destinos
Todos os Destinos
MONTE VERDE
MINAS GERAIS - BRASIL
Publicidade
 
MONTE VERDE!
Frio das montanhas, clima hospitaleiro e natureza exuberante marcam esta romântica e charmosa cidade
Home » Destinos » BRASIL » MINAS GERAIS » MONTE VERDE
Conheça o Destino Sobre Cidade
Sobre a Cidade
Acesso
Onde me Hospedar?
Gastronomia
Pontos Turísticos
Comprinhas
Curiosidades
Informações e Utilidades
Praias
Fotos e Videos
Localização
Previsão do Tempo
Publicidade
MONTE VERDE ! Fonte:
Frio das montanhas, clima hospitaleiro e natureza exuberante marcam esta romântica e charmosa cidade PMF/Uol Viagens/ Wikipédia/ Guia 4 Rodas
MONTE VERDE

Paixão à primeira vis(i)ta. Cercada pelas montanhas da Serra da Mantiqueira, Monte Verde conquista os turistas instantaneamente graças ao seu "ar europeu", caracterizado por baixas temperaturas, paisagens exuberantes e clima romântico. O charmoso vilarejo, que fica no distrito de Camanducaia, cidade do Sul de Minas Gerais, está a 1.500 metros de altitude e atrai, principalmente, casais em busca de sossego. Mas também é um destino para toda a família por oferecer uma boa estrutura de hotéis e pousadas, várias opções de ecoturismo e ótimos restaurantes.

Monte Verde é ideal para passar um fim de semana ou um feriado prolongado, mas o tom hospitaleiro típico do povo mineiro faz o turista ir para casa com a promessa de voltar logo, quem sabe para ficar uma semana ou então passar as férias. Afinal, há muito para se ver: morros, pedras, picos e belíssimas casas em estilo europeu. E sem falar na gastronomia, entre tantas opções de queijos e vinhos, além de pratos tradicionais do local, como o fondue, a truta e a própria comida mineira.

Não é de se admirar que Monte Verde tenha surgido da busca de imigrantes europeus por uma região com características próximas a de seus países de origem. A primeira colônia a se fixar foi a da Letônia, liderada por Werner Grinberg, juntamente com sua esposa Emília Lejasmeijers Grinberg, em 1936. O nome do vilarejo, por sinal, tem origem no pioneiro: é, na tradução para o português, Verde ("Grin") Monte ("Berg").

Com aproximadamente 5.000 habitantes, o vilarejo dispõe de cerca de 120 hotéis e pousadas capazes de acomodar com conforto 8.000 turistas. O pico de visitação, naturalmente, acontece no inverno, quando as precárias ruas de terra ficam abarrotadas de veículos. Quem vai de carro encontra buracos em 32 quilômetros da estrada que liga Camanducaia e Monte Verde, devido ao tráfego de caminhões pesados. Mesmo assim, é recomendável ir de carro, pois quem vai de ônibus encontra dificuldades para se locomover no vilarejo.

Logo ao chegar, pare no portal da vila e procure a sede da Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde (AHPMV); lá você pode pegar um mapa do vilarejo e buscar orientação sobre hospedagem, pacotes e opções de passeios. Embora Monte Verde seja um destino típico do inverno, há muito o que fazer por lá em qualquer época do ano, desde namorar à beira da lareira ou curtir uma caminhada pela manhã até atividades radicais como montanhismo, rapel, rafting, trecking, quadriciclo, paintball e patinação no gelo - permanente, a pista funciona o ano inteiro.

O trekking (ou caminhada) é a melhor maneira de conhecer a região, que tem oito trilhas principais. E nem precisa ter fôlego de atleta: a trilha que leva ao topo da pedra conhecida como Chapéu do Bispo, que fica a 1.955 metros de altitude, leva cerca de 1h e deixa o turista literalmente "nas nuvens", para não falar da vista estonteante. Basta levar uma garrafa com água, um agasalho e optar por um calçado já usado, já que barro e lama fazem parte da caminhada. Protetor solar e repelente também são recomendáveis.

O passeio pelas trilhas também pode ser feito pilotando quadriciclos, aventura que é devidamente monitorada por profissionais e pode durar até quatro horas. Mesmo mountain bikes, jipes, motocicletas, 4X4 e, claro, cavalos, também estão disponíveis para aluguel em Monte Verde. Aliás, no vilarejo está o aeroporto mais alto do Brasil, que fica a 1.600 metros de altitude; de lá, saem aviões de pequeno porte para voos panorâmicos que vão até Campos do Jordão. São diferentes alternativas para apreciar de maneiras inesquecíveis o fantástico cenário local.

A gastronomia talvez seja o reflexo mais autêntico do charme da vila, passeando pela culinária local, com o melhor da comida mineira, como o leitão à pururuca, sem deixar de lado a origem europeia - alemã e italiana, especialmente. A truta, peixe que sobrevive e se reproduz apenas em águas puras, livres de qualquer tipo de poluição, é um dos produtos típicos do local. Lá também é possível saborear carne de javali, fondues e comida italiana. De sobremesa, provar o strudel é praticamente obrigatório. Para levar para casa, há várias lojas com licores, vinhos, doces caseiros e por aí vai.

Passar um dia em Monte Verde é viver uma série de experiências: respirar o ar puro das montanhas, usufruir um contato muito próximo da natureza, provar sabores sofisticados e lançar-se em aventuras repletas de emoção. Tudo isso fica ainda muito melhor com o friozinho das montanhas, o crepitar da lareira e, principalmente, uma boa companhia. Assim, fica difícil resistir.

Fonte Uol Viagens


ALBUM DE FOTOS
 

 

INSTITUCIONAL
Home
Agências
Sobre
Politica de Privacidade
Fale Conosco
SERVIÇOS
Hotel ou Serviço
Divulgação para Agências
Anuncie
 
 
DESTINOS
ITAMARACÁ
SALVADOR
BELÉM
ITABIRA
FOZ DO IGUAÇU
PORTO VELHO
ASSINE NOSSA NEWSLETTER
Esoviajar - Qual destino você quer conhecer hoje? Todos os Direitos Reservados 2017.